Tel.: (11) 5549.3880 / WhatsApp: (11) 98792.1429
R. Capitão Cavancanti, 297 - São Paulo - SP
Projeto Escola Vida

Projeto Escola Vida

Projeto Escola VidaO Projeto Escola Vida é uma iniciativa da Fundação ACL e tem por principal objetivo levar os jovens alunos da rede estadual de ensino ao exercício pleno da cidadania. Isso é obtido mediante o resgate da autoestima e promoção do amadurecimento dos jovens nas relações familiares e sociais, além da tomada de consciência das próprias potencialidades, de modo a torná-los autênticos líderes nas comunidades em que vivem e atuam.

As aulas são dadas de acordo com a Técnica ACL, que, entre tantos benefícios, estimula a reflexão pelo aluno, levando-o ao autoconhecimento, à autoestima, ao convívio saudável, à boa comunicação, a projetos de vida objetivos e à liderança de modo geral. Todos os professores e colaboradores do Projeto Escola Vida são voluntários, treinados na Técnica ACL.

“O Projeto Escola Vida é a realização de um ideal de juventude. Estou muito orgulhosa com os resultados obtidos.” Assim a presidente vitalícia da Fundação ACL, Sumie Iwasa, comenta o programa, ressaltando que a iniciativa mudou e continua transformando a vida de centenas de crianças e adolescentes carentes que estudam em escolas públicas de São Paulo. “Para o futuro, a Fundação ACL pretende expandir o Projeto Escola Vida para dezenas de centros educacionais em todo o Estado e, se possível, para outras regiões do País”, complementa.

Histórico

O Projeto Escola Vida, inicialmente chamado de Projeto “ACL vai à Escola”, começou em 1999, e o primeiro estabelecimento de ensino a ser beneficiado foi a E. E. Professora Heloísa Carneiro, no bairro Jardim Jabaquara; nessa escola, o Projeto ficou até o ano de 2009. O grupo de alunos pioneiro foi beneficiado paralelamente com aulas de P.E.I. - Programa de Enriquecimento Instrumental.

Em 2002, a par da Técnica ACL aplicada nas aulas, os alunos se beneficiaram de uma série de palestras, proferidas por especialistas de diversas áreas, que abordavam temas como “Educação ambiental”, “A evolução do homem e a cidadania” e “Descobrindo profissões”. Nesse ano, também, foi criado um grupo de estudos para otimização do conhecimento visando o Enem, com aulas de reforço especialmente em português, matemática e inglês.

Em 2003, os alunos de 5ª e 6ª séries começaram a receber aulas de origami como complemento às da Técnica ACL (a qual, no caso desses alunos menores, é aplicada através de contos de Esopo, La Fontaine e Irmãos Grimm). No mesmo ano, introduziu-se o conceito de ciclos e um grupo de pais de alunos participou de um conjunto de aulas com base na Técnica ACL.

Em 2004, introduziu-se um programa contínuo de aulas com base na Técnica ACL para alunos da 5ª série do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio e instalou-se o primeiro treinamento de jovens voluntários (todos ex-alunos do Projeto Escola Vida) para darem suporte ao trabalho dos professores da Técnica ACL.

O Projeto Escola Vida permaneceu na E. E. Profa. Heloísa Carneiro até o final de 2009, da qual, em razão de ampla reforma nas instalações, se transferiu em 2010 para a E. E. Dona Pérola Byington, no bairro Americanópolis.

Em 2006, com a formação de novos professores voluntários da Técnica ACL, o Projeto estendeu-se também aos alunos da E. E. Maestro Fabiano Lozano, no bairro Vila Mariana, e da E. E. Dra. Iracema Bello Oricchio, no município de Embu das Artes.

Em 2007, a E. E. Profa. Helena Lemmi, no bairro Saúde, passou a fazer parte do grupo de escolas atendidas pelo Projeto Escola Vida. Nessa escola, o Projeto Escola Vida beneficia alunos ainda menores, de 4ª e 5ª séries.

No mesmo ano, o Projeto Escola Vida chegou também à E. E. Iracema Fittipaldi, no município de Santo André; no ano seguinte, a iniciativa foi descontinuada por falta de professores treinados na Técnica ACL.

No segundo semestre de 2013, veio a E. E. Leonor Quadros, no Jardim Míriam, e em 2014, a EMEF Enéas Carvalho de Aguiar, na Vila Sabrina, esta a primeira escola pública municipal a receber o Projeto Escola Vida. E em 2017, a E. E. Julio Ribeiro, no bairro da Saúde.

Atualmente, o Projeto Escola Vida é aplicado durante a semana, dentro da grade curricular, e atende mais de 500 alunos por ano.

O Projeto Escola Vida é uma iniciativa da Fundação ACL e tem por principal objetivo levar os jovens alunos da rede estadual de ensino ao exercício pleno da cidadania. Isso é obtido mediante o resgate da autoestima e promoção do amadurecimento dos jovens nas relações familiares e sociais, além da tomada de consciência das próprias potencialidades, de modo a torná-los autênticos líderes nas comunidades em que vivem e atuam.

Faça sua Doação

Paypal
PagSeguro

Assine Nossa Newsletter

Escolas Conveniadas

O Projeto Escola Vida possui atualmente um Convênio de Cooperação Institucional com cinco escolas públicas em São Paulo e Embu das Artes, SP.

EE Dona Pérola Byington

Rua Dr. Alcides de Campos, 150 - Bairro Americanópolis - CEP 04336-160 - São Paulo
Diretora: Nancy Aparecida Pereira Diamantino
Fones: (11) 5563-7082 e 5677-2911
Alunos de 6º, 7º, 8º e 9º anos
Total: 15 turmas

EE Dra. Iracema Bello Oricchio

Estr. Dona Maria José Ferraz Prado, 2421 - Bairro Itatuba - CEP 06845-070 - Embu das Artes
Diretora: Danusa Cristina Martins Bazan
Fone: (11) 4704-3937
Alunos de 6º ano
Total: 2 turmas

EE Profa. Helena Lemmi

Rua Juá, 246 - CEP 04138-020 – Bairro Saúde - São Paulo
Diretora: Marcia Ruri Ohira do Amaral
Fone: (11) 2276-5939
Alunos de 4º e 5º anos
Total: 6 turmas

EE Profa. Flávia Vizibelli Pirró

Rua Padre Abreu e Lima, 107 - CEP 04358-130 - Bairro Parque Jabaquara - São Paulo Diretor: Osvani Dias
Fone: (11) 5031-1126
Alunos de 4º, 5º e 6º anos
Total: 6 turmas

EE Prof. Carlos Pasquale

Rua Marquês de Lages, 219 - CEP 04162-000 - Bairro Vila Moraes - São Paulo
Diretora: Silvana Inês Moreira
Fone: (11) 5073-5360
Alunos de 4º, 5º e 6º anos
Total: 6 turmas

Metodologia

O trabalho é uma dinâmica em grupo, através da leitura de textos, ministrada de acordo com a Técnica ACL. Os alunos discutem os temas e respondem a perguntas sobre a sua própria realidade, seus problemas, dificuldades e objetivos; a dinâmica da aula é conduzida com base nas respostas dos alunos, acontecendo assim a interação na atividade.

Assim, são fixados dois objetivos:

  1. Ouvir a própria voz, ou seja, observar-se, conhecer-se, identificar os próprios potenciais e dificuldades.
  2. Ouvir a voz do outro, ou seja, perceber, aceitar e respeitar o colega como alguém com experiências próprias, que o tornam único e merecedor de respeito.

Desse modo, os alunos são levados à tomada de consciência sobre as melhores atitudes para convívio em sociedade, respeito às pessoas em geral, relacionamento em família, liderança e ações proativas que beneficiem a si mesmos e ao ambiente em que vivem, responsabilidade, autoestima, projetos de vida, e muitos outros.

Para os alunos menores, o conteúdo das aulas é dado por meio de contos e fábulas, que de forma agradável e lúdica transmitem a eles esses mesmos conceitos. A partir da 7ª série, o conteúdo das aulas é o mesmo, embora resumido, dos cursos dados na Fundação ACL para o público adulto.

Todos os professores e colaboradores do Projeto Escola Vida são voluntários e recebem treinamento na Técnica ACL, com carga horária de 120 horas.

Resultados Atingidos com o Projeto

Não se aplicam testes de avaliação, já que o Projeto Escola Vida não objetiva dar formação acadêmica.

Os resultados recebem uma avaliação qualitativa, através da redação de um depoimento pessoal dos alunos ao final de cada aula, e uma avaliação formal, em que os alunos narram, ao final de cada ano, o progresso que tiveram.

Segundo avaliação feita pelos alunos e referente ao primeiro semestre de 2017, observou-se que:

  • 78% dos alunos afirmam que as aulas os estimularam a refletir sobre suas vidas;
  • 71% começaram a pensar sobre o futuro, com ajuda das aulas;
  • 76% afirmam que as aulas os ajudaram a se valorizarem mais;
  • 76% sabem que a sinceridade é muito importante nos relacionamentos.
Encontro de Ex-Alunos, 10 Anos do Projeto Escola Vida

Alguns depoimentos de alunos do 6º ano (com 11 anos de idade, em média) no final de 2017:

  • As aulas foram importantes porque ajudou a abrir os olhos e acordar para a vida.
  • Este projeto foi muito importante para mim porque fez eu ver coisas que eu nem sabia que eu era capaz e também me fez respeitar mais as pessoas e isso foi muito importante.
  • Eu percebi que por causa do projeto eu tenho que lutar pelas coisas que eu quero e ajudar as pessoas que cuidaram de mim quando eu precisei.
  • Que ele me aproximou da família, dos amigos etc. Comecei a falar com os amigos, antes eu não era confiante, agora eu sou, eu gosto de brincar, dançar, cantar, etc.
  • Foi importante para mim que a minha leitura está ficando muito boa. Eu gostei muito das professoras, muito legal e gostei muito, pena que eu não vou ver mais vocês, que pena porque eu vou mudar de escola e foi muito bom te conhecer. Tchau ACL.
  • Eu achei muito bom, eu falei tudo que estava preso na minha garganta. Isso foi bom demais e eu sei falar a verdade. É só isso que eu tenho para falar.
  • O projeto foi importante porque me ensinou que eu tenho que assumir os meus erros e pensar duas vezes antes de fazer e eu aprendi que tem que respeitar os professores e respeitar pais, tias, avós e outras pessoas que você conhece.
  • Eu mudei minha opinião em várias coisas, e comecei a viver melhor. Depois que eu comecei a não brigar por coisas tão pequenas, eu comecei a me sentir melhor.
  • Percebi que estou mais confiante e que seu quisesse ser alguém na vida terei que me dedicar muito mais.
  • Eu acho que o que mais marcou foi o dia em que falamos sobre a liberdade, por que liberdade tem limite.
Encontro de Ex-Alunos, 10 Anos do Projeto Escola Vida

Alguns depoimentos de alunos do 5º ano (com 10 anos de idade, em média), no final de 2017:

  • O Projeto Escola Vida me ajudou a melhorar tudo em mim, eu me sinto mais livre, eu vou conseguir e vou lutar para ter aquilo que quero.
  • Duas coisas que eu mudei um pouco, foi parar de ser egoísta e tento me segurar mais para não ficar irritada, pois além de eu afastar as pessoas de mim, isso faria muito mal para mim tanto na saúde como nos meus sentimentos.
  • Eu era muito quieta, não falava com ninguém, agora as professoras me ajudaram, eu gostei muito das aulas e das professoras, agora tenho muitas amigas.
  • Foi importante para mim, porque ela me fez reavaliar as minhas escolhas, ações e decisões, e no meu próprio jeito de olhar a minha vida, e o mais importante me fez olhar com um ponto de vista diferente, diferente de um jeito bom.

Alguns depoimentos de alunos do 4º ano (com 9 anos de idade, em média), no final de 2017:

  • Eu gostei da aula da ACL, pois ela me faz melhorar o meu jeito de ser, e me faz organizar o meu futuro, amo a ACL.
  • Acho que foi importante pela questão de eu ficar mais calma, menos agressiva e mais otimista.
  • Sim, porque eu aprendi muitas coisas, exemplo: ser mais responsável porque agora eu arrumo minha cama sem reclamar com meu pai, mais eu fico só um pouquinho bravo, só um pouquinho.
  • Ele me ajudou a pensar melhor, pensei sobre o meu futuro, gostei, fiquei mais firme na vida, agora respeito mais ainda as pessoas, ajudo os mais velhos, dou alguns brinquedos para quem precisa, estou me dando mais amigos, eu conheci as coisas boas e adorei, me ajudou muito mesmo.
  • Foi importante para saber melhor quem sou, agora eu sei que a sinceridade é muito importante e agora consegui ser uma pessoa melhor.
  • Porque minha mãe gritava comigo, mas agora que eu conversei com ela, ela não grita mais.

Nosso Endereço

Apoiadores

Faça sua Doação

Paypal
PagSeguro
A Fundação ACL agradece e se compromete a aplicar integralmente os recursos recebidos na realização de seus objetivos sociais.

© Fundação ACL
R. Capitão Cavalcanti, 297
04017-000 - Vila Mariana - São Paulo - SP
Tel.: (11) 5549.3880 | WhatsApp: (11) 98792.1429